Novo modelo do Congresso devido ao COVID-19. Confira informações aqui.

A Comissão Organizadora segue continuamente atenta às notícias e diretrizes sobre a pandemia do COVID-19. No âmbito da UFRJ, dentre as ações a respeito da prevenção, foi determinada a suspensão de todas as atividades presenciais por tempo indeterminado. Além disso, estamos cientes das restrições de viagem impostas pelas universidades europeias para a presença de congressistas e membros da comissão científica. Assim, tomou-se a decisão de modelar o evento em duas fases:

– a primeira fase, online, com Sessões Plenárias, Mesas Redondas e Sessões Técnicas, no período de 8, 9 e 10 de setembro de 2020, e;
– a segunda fase, presencial, em 23, 24 e 25 de fevereiro de 2021, com Sessões Plenárias adicionais, apresentações de pôsteres e a realização de palestras e mesas redondas programadas.

Desta forma, ampliaremos o evento para duas ocasiões, contribuindo para uma maior difusão de conhecimento envolvendo um público ainda maior. Para setembro, as sessões técnicas serão gravadas previamente e os autores devem aguardar informações de agendamento por parte da Comissão Organizadora. Já as sessões plenárias serão transmitidas ao vivo no evento online, em programação a ser divulgada.

Por fim, gostaríamos de expressar nossos sinceros agradecimentos a todos os envolvidos no Congresso, e manifestar que contamos com sua flexibilidade e participação em ambas as fases do evento.

Áreas Temáticas

Datas Importantes

Data Atividades
26/11/2019
Envio de trabalhos completos
20/12/2019
Comunicação do aceite de trabalhos
20/01/2020
Envio de artigos revisados
07/02/2020
Comunicação do aceite de trabalhos revisados
12/08/2020
Envio de resumo expandido em pôster
31/08/2020
Comunicação de aceite de resumo expandido em pôster
10/08/2020
Divulgação do Programa Final

Informações

  • Inscrições
  • Programação
  • Palestrantes
  • Organização
  • Direitos de Imagem
  • Local

Tipo de Inscrição Inscrição após 21 de dezembro de 2019(7)
Participante Pleno (Autor até 2 Artigos) (1)
R$ 350,00
Só publicação(2) (Autor não presente até 2 Artigos)
R$ 200,00
Ouvinte(3)
R$ 200,00
Estudante NPPG
R$ 50,00
Estudante Pós-Graduação(4)
R$ 150,00
Estudante Graduação(4)
R$ 50,00
Estudante Graduação - Solidária(4)(5)
R$ 25,00
Pôster(7)
R$ 100,00
Artigo Extra(6)
R$ 150,00

Observações:

(1) Participante Pleno como autor pode colocar até dois (2) artigos e tem acesso a todas as palestras e apresentações do evento. Informamos que a data limite para pagamento das inscrições nesta categoria é 08/07/2020 até às 22h do horário de Brasília (GMT-3). Apenas serão incluídos no livro de resumos do CIRMARE 2020 e apresentações os artigos cujas inscrições foram concluídas até a data indicada.
(2) Participante da categoria “Só publicação” pode colocar até dois (2) artigos e não fará apresentação, apenas publicação. Informamos que a data limite para pagamento das inscrições nesta categoria é 31/07/2020 até às 22h do horário de Brasília (GMT-3). Apenas serão incluídos no livro de resumos do CIRMARE 2020 os artigos cujas inscrições foram concluídas até a data indicada.
(3) Participa como ouvinte do evento, não sendo autor e nem estudante.
(4) Os participantes inscritos na condição de estudante devem comprovar o vínculo com a instituição de ensino no momento da inscrição e do credenciamento*. Caso não o faça, deverá acrescer o valor e pagar como ouvinte.
(5) Os participantes inscritos na condição de estudante solidária devem comprovar o vínculo com a instituição de ensino no momento da inscrição e do credenciamento* na fase presencial do evento e realizar a doação dos 4kgs de alimento não perecível** que serão destinados a uma ONG parceira do evento.
(6) Artigo extra para o autor a partir do 3º artigo, sendo unitário para cada artigo extra.
(7) O CIRMARE 2020 oferecerá a modalidade de publicação de resumos expandidos em pôster. O congressista que se inscrever nesta modalidade terá o direito à publicação no livro de resumos e exposição de pôster com resumo expandido na fase presencial do Congresso. Para datas e informações, acesse a aba “Artigos (Comunicações)”.

* Declaração de matrícula ativa e documento original com foto ou Carteira de Estudante válida no período do evento.

São considerados alimentos não perecíveis: leite em pó, fubá, açúcar, feijão,
arroz e macarrão.

Solicitamos que os autores guardem o comprovante de pagamento, pois este servirá para confirmar a inscrição online. Lembramos que a inscrição é intransferível.

A programação CIRMARE 2020 se divide em cerimônias de abertura e encerramento, Sessões Plenárias e Mesas Redondas. Será transmitido online de forma síncrona, em link a ser enviado aos inscritos, nos horários indicados para Brasil (GMT-3) e Portugal (GMT +1).
A interação entre palestrantes e congressistas poderá ser realizada nas mesas redondas ao fim de cada dia.

As Sessões Técnicas com apresentação de artigos serão disponibilizadas de forma assíncrona aos inscritos, a partir de 08 de setembro de 2020.

A programação geral e os links de acesso para a Fase Online do CIRMARE 2020 (8-10 Setembro) estão disponíveis neste link.

  • 08/set
    TERÇA-FEIRA
  • 09/set
    QUARTA-FEIRA
  • 10/set
    QUINTA-FEIRA

14:20
(GMT-3)

18:20
(GMT+1)

Cerimônia de Abertura do CIRMARE 2020 – V Congresso Internacional na “Recuperação, Manutenção e Restauração de Edifícios”

15:40
(GMT-3)

19:40
(GMT+1)

Sessão Plenária 1

Título:
Reabilitação x Smart Cities no contexto metropolitano

Palestrante:
Eduardo Linhares Qualharini – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

16:25
(GMT-3)

20:25
(GMT+1)

Sessão Plenária 2

Título:
Habitação e Saúde – um novo paradigma

Palestrante:
João Carlos Gonçalves Lanzinha – Universidade da Beira Interior (UBI)

17:10
(GMT-3)

21:10
(GMT+1)

Mesa Redonda

14:10
(GMT-3)

18:10
(GMT+1)

Sessão Plenária 1

Título:
Detalhamento e quantificação da degradação do edifício – Distribuição da ocorrência em diferentes zonas das fachadas

Palestrante:
Elton Bauer– Universidade de Brasília (UnB)

15:00
(GMT-3)

19:00
(GMT+1)

Sessão Plenária 2

Título:
A gestão de risco de incêndio como ferramenta para a sustentabilidade dos sítios históricos

Palestrante:
Paulo Gustavo von Krüger – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

15:35 
(GMT-3)

19:35 
(GMT+1)

Sessão Plenária 3

Título:
Intervenções em Património Histórico. Casos Portugueses

Palestrante:
Aníbal Costa – Universidade de Aveiro (UA)

16:20
(GMT-3)

20:20
(GMT+1)

Sessão Plenária 4

Título:
Importância do Estudo de Diagnóstico no Projeto de Reabilitação – Coliseu do Porto

Palestrante:
Vasco Peixoto de Freitas – Universidade do Porto (FEUP)

17:10
(GMT-3)

21:10
(GMT+1)

Mesa Redonda

15:00
(GMT-3)

19:00
(GMT+1)

Sessão Plenária 1

Título:
Qualidade da habitabilidade à população em habitação social: diferenças e desafios tecnológicos, culturais e climatológicos em Portugal e no Brasil

Palestrante:
Fernando José da Silva – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

15:45
(GMT-3)

19:45
(GMT+1)

Sessão Plenária 2

Título:
Desafios na reabilitação e restauração do patrimônio arquitetônico: do reuso à atualização funcional

Palestrante:
Nivaldo Vieira de Andrade Junior – Universidade Federal da Bahia (UFBA)

16:25
(GMT-3)

20:25
(GMT+1)

Sessão Plenária 3

Título:
Redes Petri: Uma ferramenta utilizada para a gestão do patrimônio construído

Palestrante:
Jorge de Brito – Universidade de Lisboa (IST-ULisboa)

17:10
(GMT-3)

21:10
(GMT+1)

Mesa Redonda

17:50
(GMT-3)

21:50
(GMT+1)

Cerimônia de Encerramento

Eduardo Linhares Qualharini

UFRJ
Coordenador/NPPG – prof. titular da Poli/UFRJ - eng. civil, há 45 anos - D.Sc / COPPE; M.Sc. Arq. / PROARQ (mais de 100 publicações, inclusive 7 livros e tendo mais de 1 milhão de m² de empreendimentos realizados), ex. diretor de Manutenção da Prefeitura Universitária da UFRJ; cofundador do IPMA / Brasil, editor das revistas: Gestão & Gerenciamento e Boletim do Gerenciamento

João Carlos Gonçalves Lanzinha

UBI/Portugal
Professor e pesquisador da Universidade da Beira Interior, em Portugal, com experiência em Reabilitação, Patologia e Conservação de Edifícios e interesses de pesquisa na Eficiência Energética de Edifícios e na Habitação e Saúde, é autor do livro “Reabilitação de Edifícios – Metodologia de Diagnóstico e Intervenção"

Vasco Peixoto de Freitas

FEUP/Portugal
Professor Catedrático (Construções) do Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto-FEUP e Diretor do Laboratório de Física das Construções – FEUP. Membro Conselheiro da Ordem dos Engenheiros. Coordenador e coautor do Livro “Manual de apoio ao projeto de reabilitação de edifícios antigos”

Jorge de Brito

IST/Portugal
Professor e pesquisador do Instituto Superior Técnico em Portugal, atua em grandes projetos de pesquisa, dentre eles o “Sistema de Gestão de Edifícios Baseado na Avaliação do Risco e na Previsão da Vida Útil” e “Revestimentos para Reabilitação: Segurança e Sustentabilidade”
Anibal Costa

Aníbal Costa

UA/Portugal
Professor Catedrático da Universidade de Aveiro, é editor de 14 livros e revistas com publicação nacional e internacional. Sólida experiência acompanhando as intervenções de reabilitação e reforço estrutural do patrimônio nacional, tendo trabalhado em vários projetos de colaboração procurando desenvolver técnicas de reparação e reforço de estruturas existentes.

Elton Bauer

UnB
Professor e pesquisador da Universidade de Brasília, com grande experiência nas áreas de durabilidade e patologia das construções, atua em linhas de pesquisa sob o tema patologia, recuperação, manutenção e reforço de estruturas e edificações, com enfoque no diagnóstico e processos de identificação de falhas e danos

Nivaldo de Andrade Junior

UFBA
Professor da Universidade Federal da Bahia e atual Presidente Nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), tem atuado em inúmeros projetos de pesquisa e desenvolvimento, dentre eles o “Desenvolvimento de Normas de Preservação e Critérios de Intervenção para o Centro Histórico de Salvador” e o “Projeto de Requalificação Urbana do Pilar-Taboão”, em Salvador

Paulo Von Kruger

UFMG
Professor e pesquisador da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais, atualmente desenvolve importantes projetos de pesquisa como “Utilização do sistema de informação geográfica como ferramenta de análise e gestão de riscos de incêndio em sítios históricos”

Fernando José da Silva

UFMG
Professor na Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais; Doutor em Engenharia de Estruturas (UFMG); Pós-Doutorado pela Universidade da Beira Interior (Portugal) em Metodologia de Diagnóstico e Monitoramento da percepção de Risco e condições de Habitabilidade em Edifícios Pré e Pós Reabilitação.

Chair
Eduardo Linhares Qualharini

Co-Chair
João Carlos Lanzinha

Comissão Científica

Participante Instituição
Aline Pires Veról
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Amaro Francisco Codá dos Santos
CEFET / RJ
Ana Lídia Virtudes
Universidade da Beira Interior (UBI)
Ana Lucia Torres Seroa da Motta
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Ana Maria Tavares Martins
Universidade da Beira Interior (UBI)
Ana Teresa Vaz Ferreira
Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB)
Ana Velosa
Universidade de Aveiro (UA)
Anabela Paiva
Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)
Andrea Queiroz Rego
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Aníbal Costa
Universidade de Aveiro (UA)
António Baptista Coelho 
Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)
Armando Carlos de Pina Filho
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Assed Naked Haddad
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Carlos Alberto Pereira Soares
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Cláudia Nóbrega
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Eduardo Linhares Qualharini
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Elaine Garrido Vasquez
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Elton Bauer
Universidade de Brasília (UNB)
Fernando F. S. Pinho
Universidade Nova de Lisboa (UNL)
Fernando Manuel Leitão Diniz
Universidade da Beira Interior (UBI)
Gisele Silva Barbosa
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Inês Campos
Universidade da Beira Interior (UBI)
Inês Flores-Colen
Instituto Superior Técnico - Universidade de Lisboa (ULisboa)
João Carlos Lanzinha
Universidade da Beira Interior (UBI)
João Paulo Castro Gomes
Universidade da Beira Interior (UBI)
Jorge de Brito
Instituto Superior Técnico de Lisboa (ISP/PT)
Jorge dos Santos
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Leandro Torres di Gregório
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
José Luis Menegotto
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Luís Filipe Almeida Bernardo
Universidade da Beira Interior (UBI)
Luis Otavio Cocito de Araújo
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (UFRJ)
Luiz Antonio Ferreira das Neves
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Luiz Peres Zotes
Universidade Federal do Fluminense (UFF)
Manuela Almeida
Universidade do Minho (UM)
Marcos Martinez Silvoso
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Maria Ângela Dias
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Maria do Rosário Veiga
Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)
Maria Fernanda Rodrigues
Universidade de Aveiro (UA)
Maria Gabriella Rossi
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Miguel Costa Santos Nepomuceno
Universidade da Beira Interior (UBI)
Nelson Porto
Universidade Federal do Espirito Santo (UFES)
Peter José Schweizer
Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales (FLACSO)
Raimundo Mendes da Silva
Universidade de Coimbra (UC)
Renata Faísca
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Ricardo Almeida
Instituto Politécnico de Viseu (IPV)
Rosina Trevisan Martins Ribeiro
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Silvio Burrattino Melhado
Universidade de São Paulo (USP)
Sylvia Meimaridou Rola
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Vasco Peixoto Freitas
Universidade do Porto (FEUP)

Ao participar do CIRMARE 2020, AUTORIZO o uso de minha imagem em todo e qualquer material entre fotos, documentos e outros meios de comunicação, para ser utilizada em campanhas promocionais e institucionais da organização do CIRMARE 2020, sejam essas destinadas à divulgação ao público em geral e/ou apenas para uso interno desta instituição, desde que não haja desvirtuamento da sua finalidade. A presente autorização é concedida a título gratuito, abrangendo o uso da imagem acima mencionada em todo o território nacional e no exterior, em todas as suas modalidades e, em destaque, das seguintes formas:

    • Out-door;
    • Folhetos em geral (encartes, mala direta, catálogo, etc.);
    • Folder de apresentação;
    • Anúncios em revistas e jornais em geral;
    • Home Page;
    • Cartazes;
    • Mídia eletrônica (painéis, vídeos, televisão, cinema, transmissão ao vivo, entre outros).

A fase presencial do evento acontecerá na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especificamente no Bloco A do Centro de Tecnologia da UFRJ (CT).

O credenciamento ocorrerá no hall do Bloco A próximo ao Salão Nobre da Decania, localizado na Avenida Athos da Silveira Ramos, 149 – Bloco A, Ilha do Fundão e serão realizados de 23 a 25 de Fevereiro de 202.

No mapa a seguir, é possível observar os possíveis trajetos ao prédio
do CT partindo dos principais pontos do Rio de Janeiro.

O acesso via transporte público pode ser feito por ônibus, através das linhas convencionais que passam pela Ilha do Fundão em conjunto com as linhas circulares internas gratuitas disponibilizadas pela universidade. Ainda há a possibilidade de acesso utilizando o Metrô Rio, sendo necessário pegar as linhas 616 e 913, em seguida, localizadas na estação de Del Castilho.

CLIMA LOCAL

As estações do ano no Brasil ocorrem em período inverso se comparadas com a Europa. Cidades localizadas no litoral, como é o caso do Rio de Janeiro, apresentam temperaturas que variam de 23ºC a 28ºC nessa época do ano.


VOLTAGEM ELÉTRICA

O Rio de Janeiro utiliza a voltagem 127v, como padrão. Em alguns estabelecimentos, há a opção da voltagem 220v, como, por exemplo, nos hotéis.


MOEDA

A moeda utilizada no Brasil é o Real (R$). Geralmente, é possível trocar dinheiro em caixas de hotel, bancos, agências de viagens e casas de câmbio (localizadas nos aeroportos, em sua grande maioria). Além disso, os estabelecimentos comerciais trabalham tanto com dinheiro quanto com cartão de crédito estrangeiro e internacional.


HORÁRIO COMERCIAL

Os estabelecimentos de comércio funcionam durante toda a semana (segunda-feira à sexta-feira de 9h às 18h), restringindo o horário durante os finais de semana. Os bancos abrem de segunda à sexta-feira de 10h às 16h, depois disso é possível usar os caixas eletrônicos até às 22h. Os shoppings centers funcionam de segunda à sábado de 10h às 22h (entretanto, os restaurantes localizados em shoppings ficam abertos até mais tarde – 23h) e das 15h às 21h aos domingos e feriados (podendo mudar de acordo com cada shopping).


ALUGUEL DE CARRO E TÁXIS

É possível alugar carros nos aeroportos e utilizar aplicativos de viagem como o waze ou google maps, mas é preferível utilizar táxis caso não conheça bem a cidade, podendo encontrá-los na saída do aeroporto, chamá-los por telefone ou por aplicativos de celular, como o 99Taxi. É possível utilizar outros aplicativos de transporte particular, como Uber, que possui formas de pagamento como cartões de crédito ou débito, ou em espécie (dinheiro), e possuem também categorias de veículo como UberPOOL, UberX, UberBLACK e UberSELECT, a serem definidos pelo usuário.


TRANSPORTE E SEGURANÇA
O Rio de Janeiro é coberto por muitas linhas de ônibus que interligam a cidade, além disso possui BRT, metrô e trem. Porém, é importante estar atento a algumas normas de conduta para a sua segurança pessoal:

  1. Ao caminhar pelas ruas da cidade, é importante ficar sempre atento aos seus pertences;
  2. Evite caminhar por lugares sem muita iluminação à noite caso esteja sozinho. Além disso, tente não andar com muito dinheiro;
  3. Caso precise de informações, entre em algum estabelecimento comercial. Nunca peça informações sobre casas de câmbio na rua;
  4. Leve apenas o que for extremamente necessário para a praia, como pouco dinheiro para comprar uma bebida ou lanche;
  5. Ao frequentar restaurantes ou boates à noite, sempre volte de táxi ou Uber.

Use celular, notebook e demais aparelhos eletrônicos com discrição, preferencialmente em um estabelecimento fechado, e evite usar em transporte público e na rua.


CHEGADA NO RIO DE JANEIRO

O Aeroporto Internacional Tom Jobim é o maior da cidade e nele estão concentrados os principais voos internacionais. O Congresso fica a 7 km do aeroporto e apenas a 20 minutos de carro. É importante ressaltar que a organização do evento não irá fornecer transporte do aeroporto até o Congresso (consultar condições).


Para mais informações sobre transporte próximo ao aeroporto, acesse estes links:

Rio Galeão Aeroporto Tom Jobim – (inserir hiperlink com https://www.riogaleao.com/passageiros/agrupador/how-to-get-and-go)

Aeroporto Santos Dumont – (inserir hiperlink com http://www.aeroportosantosdumont.net/como-chegar-aeroporto-rio-de-janeiro-santos-dumont)

O meio de transporte mais confortável é o táxi, que pode ser pego no hall de saída do próprio aeroporto. É possível, ainda na parte interna do aeroporto (junto ao recebimento de bagagem) consultar preços e tarifas, assim como pagar o táxi. É sempre importante prestar atenção no taxímetro da viagem. Os taxistas aceitam pagamentos em dinheiro, mas já é comum utilizarem cartão de crédito e débito, sendo necessário perguntar as formas de pagamento disponíveis. Além disso, pode-se optar por um translado privado alugando-se um carro. Basta clicar em: https://airportrioservice.com.br/pb/

Outra opção para quem sairá do Galeão são os Ônibus Especiais que possuem ar condicionado e tem como rota diversos pontos da cidade. Para ir até a Zona Sul basta pegar um dos Ônibus Especiais Premium, conforme sua localização, com intervalos a cada 30 minutos, funcionando de 05h00min até 22h30min e custo de R$ 18,85.

 

Aproveite a programação do congresso, reserve um momento para conhecer a cidade, visitar os pontos turísticos e conversar com os moradores locais!

HOTEL IBIS

Site: www.ibis.accor.com/pt-br/city/hoteis-rio-de-janeiro-v6871.shtml


Shopping Nova América

Endereço: Av. Pastor Martin Luther King Jr, 126, Bloco 11 – Torre 4 – Del Castilho, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 7,8 km ~ 15 min; A 550m ~ 8 min da estação de metrô Nova América/ Del Castilho

Telefone: +55 (21) 3282-2300

E-mail: [email protected]

Preço: A partir de R$ 164 / R$ 128 (Budget)


Botafogo

Endereço: R. Paulino Fernandes, 39 – Botafogo, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 16,5 km ~ 25 min; A 270m ~ 3 min da estação de metrô Botafogo

Telefone: +55 (21) 3515-2999

E-mail: [email protected]

Preço: A partir de R$ 184


Praia de Botafogo (Budget)

Endereço: Praça Joia Valansi, 24 – Botafogo, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 15,5 km ~ 20 min; A 450m ~ 5 min da estação de metrô Botafogo

Telefone: +55 (21) 2156-6999

E-mail: [email protected]

Preço: A partir de R$ 120


Copacabana Posto 2

Endereço: R. Min Viveiros De Castro, 134 – Copacabana, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 18,7 km ~ 30 min; A 200m ~ 3 min da estação de metrô Cardeal Arcoverde

Telefone: +55 (21) 3218-1150

E-mail: [email protected]

Preço: A partir de R$ 148


Copacabana Posto 5

Endereço: R. Xavier Da Silveira, 82 – Copacabana, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 18 km ~ 30 min; A 74m ~ 1 min da estação de metrô Cantagalo

Telefone: +55 (21) 3721-2900

E-mail: [email protected]

Preço: A partir de R$ 160


Copacabana (Budget)

Endereço: R. Constante Ramos, 96 – Copacabana, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 18,5 km ~ 30 min; A 550m ~ 7 min da estação de metrô Cantagalo

Telefone: +55 (21) 3282-6999

E-mail: [email protected]

Preço: A partir de R$ 128


PREMIER COPACABANA HOTEL

Endereço: R. Tonelero, 205 – Copacabana, Rio de Janeiro, RJ

Distância do evento: 18,7 km ~ 30 min; A 130m ~ 2 min da estação de metrô Siqueira Campos

Telefone: +55 (21) 3816-9090

E-mail: [email protected]

Site: www.premier.com.br/website/

Preço: A partir de R$ 218

NPPG – Núcleo de Pesquisas em Planejamento e Gestão – Poli/UFRJ

Endereço:  Av. Athos da Silveira Ramos, 149, bloco D, sala 207 – Cidade Universitária/RJ

Telefone: (21) 3938-7965


Polícia Militar  

Ligar quando a pessoa é vítima da ação de infratores, situações de risco e perturbação da ordem.

Telefone: 190


SAMU

Ligar quando houver problemas clínicos, traumas, acidentes, alteração do estado de consciência e intoxicação. Também pode ser acionado em caso de morte natural ocorrida em casa.

Telefone: 192

Bombeiros

Ligar quando houver incêndios, acidentes, corte de árvore, salvamento de pessoas ou animais, ferimentos por arma de fogo ou arma branca, queimaduras, soterramentos e retirada de animais que podem atacar.

Telefone: 193

Realização

Organização

Patrocínio

Apoio Institucional

0
Não esqueça de deixar seu comentário.x
()
x